O QUE SÃO

Pavimentos prefabricados
de betão

... ver mais

COMO SÃO

Aspetos do fabrico dos
pavês ...

... ver mais

APLICAR

Como executar e aplicar
pavimentos ...

... ver mais

DIMENSIONAR

Como dimensionar
pavimentos ...

COMO DIMENSIONAR | Dimensionamento de pavimentos


A Presdouro desenvolveu uma ferramenta para auxiliar ao dimensionamento de pavimentos rodoviários com pavês em betão. Os pressupostos de utilização para o dimensionamento são:
# Nível freático e Tipos de Solo
# Classes de tráfego

Em função dos pressupostos determinados a ferramenta aponta uma solução para o perfil tipo do pavimento, com utilização de pavês prefabricados em betão.



“ … Um pavimento é uma estrutura constituída por um conjunto de multi-camadas colocadas sobre uma plataforma de suporte.
As camada de Sub-base e de Base dotam o pavimento da resistência mecânica necessária para suportar as cargas verticais induzidas pelo tráfego. Os materiais utilizados nestas camadas repartem as pressões sobre a plataforma de forma a manter as deformações ao nível dos limites admissíveis. São geralmente constituídas por materiais granulares …”
Directivas para a concepção de pavimentos – Critérios de Dimensionamento | Instituto de Infra-estruturas Rodoviárias IP


Nível freático do solo


O nível freático entende-se como alto quando está a menos de 60 cm abaixo do leito do pavimento, e baixo quando está a mais de 60 cm abaixo do leito do pavimento.

nível freático alto

nível freático baixo

Nas situações em que o nível freático é alto, na sub-base uma das camadas deverá ser composta por material de características drenantes.


Tipos de solo

No que respeita à classificação de solos, estabelecem-se cinco classes S1 a S5, que correspondem à maioria das condições portuguesas.

Menu de escolha: Tipo de solo e Nível Freático

Notas:
(a) – Para um dado trecho de pavimento uniforme, as grandes heterogeneidades de solos de fundação podem ser ainda factores de classificação num tipo imediatamente inferior. Solos maus, de aparecimento fortuito, podem merecer saneamento.
(b) – A situação de nível freático natural a menos de 0.60m exige a execução de obras de drenagem. Assim, sempre que não seja possível rebaixamento, deve ser considerado outro tipo de estrutura, por exemplo, bases e sub-bases tratadas com cimento.


Classes de Tráfego

São consideradas cinco classes de tráfego médio diário de veículos pesados previstos nos dois sentidos. Pressupostos:
# O tráfego pesado é equilibrado nos dois sentidos de circulação;
# Foi considerado um “ factor de crescimento ” de tráfego pesado de 1.6 em 20 anos.

Menu de escolha: Classe de Tráfego


Tráfico inicial abaixo de 20 e acima de 2000 veículos pesados merece naturalmente um estudo especial e escapa aos objectivos desta sistematização.

Foram estabelecidos os seguintes factores para transformação do tráfego em tráfego equivalente, isto é, para a obtenção do número de eixos padrão de 8.2 t a partir do número de veículos pesados:

Tráfego

Número de eixos padrão por veículo pesado

T1

e

T2

1.25

(peso bruto médio +- 17 t)

T3

1.25

(peso bruto médio +- 14 t)

T4

e

T5

1.25

(peso bruto médio +- 10 t)




Perfis

Secções tipo do pavimento, a ferramenta aponta um perfil tipo para cada situação especificada, indicando as espessuras e o tipo de material para cada camadas constituinte do pavimento.

Equipamento de compactação - © Pave Tech Inc

EspessuraMaterialResistênciaObs.
ALeito do pavimento
Solo de fundação
----SPT > 15Caso o solo tenha menos SPT<15
deverá ser melhorado
Btout-venant de 2ª
bem compactado
15 cmBrita 1 e 3 a 40%
Finos 30%
Areia 30%
SPT > 25--
CDreno de Brita ou cascalho miudo
Isento de finos
15 cmBrita 2 e 3 a 50%--Isento de finos
Dtout-venant de 1ª
bem compactado
15 cmBrita 2 e 3 a 40%
Brita 1 a 20%
Saibro a 30%
SPT > 36Mistura homogénia de finos e brita com saibros
EAreia ou Areias grossas3 cmSilica----
FPavê
esp. = 8/10 cm
8 cmBetão3.6 MPaEN 1338, classe 4



inicio